Funk das antigas – Melô do Ricardão

No vídeo de hoje, mais um exemplo da irreverência maliciosa e, ao mesmo tempo, inocente, dos funks antigos.  Maliciosa porque inegavelmente há uma dose de sacanagem na letra deste funk.  Inocente porque essa malícia é quase infantil perto do que se ouve hoje em dia no rádio e na televisão – e, principalmente, na caixa de som daquele corsa rebaixado que abre o portamala na beira da praia de Cabo Frio para tocar os maiores impropérios já vistos na face da Terra.  Perto dessas coisas, o funk do vídeo de hoje é uma piadinha de salão.

Anúncios

8 Comments

Add yours →

  1. Graaaaaaaande Tião Macalé!

    Fala sério, fiquei até arrepiado com a história do Corsa rebaixado em Cabo Frio. Mas isso não é nada perto do que se vê em Piúma…

    Não duvido que, quanto mais ao norte, pior.

  2. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, taí, saudade do Tião!
    Olha, essa série tá boa demais!

    Até que enfim um elogio.

  3. Vai tocar aquela do pirão (ô alo pirão, alô alô, boavistão…)?

    O funk da semana que vem (a última do mês) é mais antigo que o Bonde do Pirão.

  4. Matou a saudade, a anos não ouvia essa música Q como o autor do blog falow é inocência pura se visto com o Q temos hoje! Ecomo Eduardo falow falta o Rap do Pirão pra engrossar o caldo !? … Quero dizer a lista !!! Valew pelo post Leandro !

    Obrigado. Volte sempre.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: