Obras de arte

Chegaram novos trabalhos da Felícia. Trabalhos uma ova: obras de arte. Modernosas, mostram tendências da arte no cenário pós-contemporâneo, apontando para a sublimação da sensibilidade da artista que evoca reações nos observadores. Notem que a figuratividade do traço, o uso de materiais alternativos e a titulação informal das peças são uma verdadeira aula de vanguardismo.

Essa primeira, por exemplo. A artista evitou sabiamente a piadinha infame de duplo sentido sobre a sua vizinha. No entanto, fez questão de fornecer ao público a opção de mentalmente recordar aquelas suas vizinhas queridas, que tanto se fazem presentes no seu dia-a-dia, e que poderiam se fazer ainda mais presentes, a depender de alguns fatores cotidianos. Deliciem-se.

Trabalhos da escola
A Galinha do Vizinho

Notem, agora, a proposital contradição dos termos. O que se vê não corresponde exatamente ao que se lê. E vice-versa. É um exercício intencional de atenção a que é induzido o observador. Porque não basta ser bom de traço, é preciso também forçar a reflexão acerca da caótica rotina de nossas vidas, que nos oprime e retira o direito de pensar, criticar, enxergar as diferenças entre as informações recebidas e os fatos da realidade.

Trabalhos da escola
Dedo Mindinho

E o que não dizer dessa peça tão sentimental?… Toda a afetividade da artista demonstrada num traço ímpar. A sua leitura míope do mundo a evocar as afeições mais íntimas das relações entre pai e filha: esta vê o pai de maneira idealizada, o pai acha que a filha desenhou um osso ao deparar-se com a obra – só dois dias depois percebeu tratar-se de um peso para fazer exercícios de musculação.

Trabalhos da escola
Meu pai é forte

Quase um Michelangelo, pelo traço do artista e pela beleza da pessoa retratada. Dispensa comentários.

Trabalhos da escola
Meu pai é assim…
Anúncios

4 Comments

Add yours →

  1. Vamos aos comentários:
    1) A Galinha do Vizinho: Deve ser da casa que bate tambores, pra ser essa galinha vermelho-pomba-gira…
    2) Dedo Mindinho: ela acertou na mosca, apesar da Tia forçar a barra e colocar a mãozinha toda para confundi-la, porque o único inteiro e caprichado é o mindinho (o polegar saiu por acidente porque serviu de apoio);
    3) Me Pai é Forte: Kkkkkkkkkkkkkkk, ainda bem que você explicou sobre o peso, porque eu já estava pensando que a Tia estava te sacaneando, te chamando de Dobbermann;
    4) Meu Pai é Assim: Mais uma esperteza dela ao demonstrar que o pai não tem nada na cabeça…

    Por que tantos “b” e “n” em Doberman?

  2. Toda vez que eu vejo essa Galinha do Vizinho eu lembro de ” o pinto do meu pai…fugiu com a galinha da vizinha…”

    Sua mente associativa me assusta.

  3. Moldura nisso tudo!

    E exposição em galeria (com leilão ao final, de preferência).

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: