Do tempo da bisa… Aliás, antes.

E a trilha sonora do momento não é nenhuma das faixas da famigerada coleção da Galinha Pintadinha, da razoável coleção do Bob Zoom nem de nenhum outro ser virtual de igual irrelevância para a formação do caráter de uma criança.  A música mais pedida e executada na Rádio Felícia na semana passada é o incomparável e inesquecível sucesso do carnaval de 1932, composição de Noel Rosa e Lamartine Babo.

Eu lembro, bem pequeno, que a minha avó Juracy (bisavó, na verdade), cantava essa música.  Como todo mundo a chamava carinhosamente de Juju, eu, na minha doce ilusão infantil, acreditava tratar-se de uma música dela, para acalentar os netos (bisnetos, na verdade).  Lembro nitidamente de vê-la no tanque, na casa da minha avó materna (sua nora), cantando essa música enquanto eu a observava.  Aprendi a letra e a melodia fáceis, e guardei durante muitos e muitos anos em algum canto escuro do meu cérebro.

E lembrei, outro dia, que ela existia.  E ensinei para a Felícia que – quase que instantaneamente – aprendeu a cantar, para não mais parar.  O interesse e a facilidade vieram do fato de que Juju, hoje, não é mais uma tataravó distante (ou seja, não mais que uma história da sua história) mas sua prima querida – por quem a Felícia nutre verdadeira idolatria e profundo amor.

Sucesso que sobreviveu ao tempo, passando de geração em geração.

Anúncios

One Comment

Add yours →

  1. Ah, essa música é bonitinha! A mãe da Fê contava ela pro JG também.

    Coisa de gente antiga…

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: