O Cachambi responde – turismo na Bélgica

Quantas perguntas!!!  Novamente, o link da pergunta fica por minha conta, para ambientar os demais leitores.

Li em seus posts anteriores e vi que você ficou no Hotel The Moon em Bruxelas. Estou indo para lá no começo de novembro e vou ficar neste mesmo hotel. Será que você pode me informar qual ônibus ou trem pego do aeroporto National/Zaventem até o hotel. E para ir para Bruges eu posso pegar o trem na estação central de Bruxelas que fica perto do hotel ou tem que ir para Brussels Midi. Os bilhetes compro na hora também? Aquele pacote com 5 locais turísticos que você pode comprar, fica em algum lugar específico de Bruges para comprar. Por acaso você foi para Antuérpia ou Gent? Desculpe por jogar todas as perguntas de uma vez. Mas gostei muito das informações do seu blog.

Vamos por partes.  Em primeiro lugar, faz algum tempo que eu escrevi meus relatos de turismo na Bélgica.  Algumas coisas podem ter mudado de lá para cá, para melhor ou para pior.  O hotel, por exemplo.  Fiquei no The Moon porque era o único que eu conseguiria pagar naquela época.  Hoje, talvez fizesse um esforço maior para ficar no Ibis, do outro lado da mesma pracinha mas, ainda assim, um Ibis.  Para ir do aeroporto para o centro, pegue o trem que vá para Brussels Centraal.  Da estação até o The Moon são poucos passos.  Não esqueça de validar seu ticket na plataforma antes de embarcar no trem.  Em segundo lugar, Brugges: para ir a Brugges, o trem sai de Brussels Midi.  Praticamente todos os trens que passam em Brussels Centraal na direção sul param em Brussels Midi.  Acredito que isso valha também para o trem que vai a Brugge mas, como o meu tempo era escasso e a oportunidade era única, preferi não explorar essa ideia.  Em outras palavras, eu não fiquei esperando em Brussels Centraal o trem para Brugge – preferi pegar um trem mais cedo para Brussels Midi e ficar ali esperando, na plataforma certa, o trem para Brugge passar.  Deu certo.  O bilhete comprei com atencedência, mas desconfio que não deve ser difícil comprar na hora, já que se trata de um trem regional.  Recomendo, em caso de bate-volta, voltar de primeira classe.  É mais caro, mas no horário do rush isso pode ser a diferença entre voltar em pé ou voltar sentado, acrescentando ao seu dia uma hora de cochilo preciosa.  Em Brugge, o passe que permite visitar 5 atrações turísticas é vendido em qualquer uma das atrações visitáveis da cidade que integram o rol de atrações nas quais o passe pode ser utilizado.  Não fui a Antuérpia nem a Gent.  Aliás, passei por Antuérpia de trem, no caminho para Amsterdã.  Cheguei a pesquisar Antuérpia, pensando em estender a viagem até lá, mas não vi nada de interessante além da catedral e da estação de trem.

Anúncios

One Comment

Add yours →

  1. E as cervejarias?

    Não foi perguntado.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: