Vergonha alheia

Há mulheres que dizem que entendem de futebol. A elas eu faço sempre as mesmas duas perguntas. Uma bem fácil e a outra bem difícil. Um erro na primeira é imperdoável. Na segunda, não. Dependendo da qualidade da resposta, posso até dar o desconto. Afinal de contas, já encontrei muitos homens entendidos em futebol que não a souberam responder.

As perguntas são as seguintes (depois de ter publicado o post eu notei que já havia falado no assunto):
1. Se você chega em frente a televisão e está passando um jogo: você olha na tela e vê escrito CAM x SPO, que times estão se enfrentando? A ampla maioria das mulheres que eu conheço respondem, sem titubear, Camarões x Sport. Resposta errada, numa pergunta tão fácil…
2. Quais são as exceções à regra do impedimento? Difícil? Eu explico. Não é para confundir, isso não seria um jogo limpo da minha parte. Quando é que um jogador pode receber um passe, em condições válidas de jogo, passe esse feito quando ele se encontrava entre a linha de fundo e o penúltimo defensor do time adversário?

Pois bem. Ilustrando o raciocínio acima, nossa Presidente da República foi ao Vaticano, visitar o Papa. Quis levar para ele a bola oficial que será usada na Copa do Mundo. No entanto, presenteou-lhe com a bola mais feia já produzida na história: uma réplica da bola utilizada no campeonato brasileiro do ano passado – fabricada pela concorrente da empresa fornecedora de material esportivo da FIFA.

20140222-084035.jpg
Foto publicada no perfil da Dilmabolada.

Anúncios

6 Comments

Add yours →

  1. Atético-MG x São Paulo
    Cobrança de lateral, tiro de meta, atrás da linha da bola e antes da linha do meio de campo.
    Esqueci alguma?

    Na verdade, os dois últimos não são exceções, mas situações onde a regra do impedimento sequer se aplica.

    • Eu respondi à pergunta: “Quando é que um jogador pode receber um passe, em condições válidas de jogo, passe esse feito quando ele se encontrava entre a linha de fundo e o penúltimo defensor do time adversário?” Pode chamar as duas últimas do que vc quiser, mas se enquadram perfeitamente na pergunta.

      Mas não são exceções à regra. São hipóteses de não incidência da regra.

  2. Ué, não era pra mulher responder?

    Pois é… Muito esquisito o Márcio.

  3. Mas esses comentários tão indo por um caminho muito estranho, hein?!

    Quanto à bola, reitero o comentário do próximo post, que escrevi antes: quem faz isso não vai pro Céu…

    Ah, merece mesmo.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: