Cantada

Ela o viu passar ao seu lado, na direção oposta, naquela manhã de sol, frio e céu azul:

– Gordinha suculenta!

Rapidamente, aquela gordurinha na cintura não existia mais, o cabelo já não estava tão mal penteado assim, e a roupa passou a lhe cair bem.

Ela sorriu com o canto da boca, ergueu a cabeça e seguiu em frente, passos firmes.

Anúncios

About the post

conto

2 Comments

Add yours →

  1. E o cidadão fez a boa ação do dia.

    E ela ganhou o dia.

  2. Imagino a cara da Fiona de desprezo lendo isso, kkkkkk

    Duvido que ela tenha lido.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: