Seguindo os passos da mamãe

Depois de uma bobeira qualquer, dessas que a gente dá uma bronca e nem lembra mais qual foi o motivo, Felícia foi se refugiar com a Fiona no quarto.  Uns cinco minutos depois eu apareci lá.  Já nem lembrava mais o que havia acontecido.  Foi quando a Felícia me interpelou, enquanto a Fiona calçava-lhe o tênis:

– Papai, você gosta de mim?
– Claro que gosto. Eu te amo!
– Então por que você brigou comigo que eu fiz bobeira?

Bronca assim eu só havia levado da Fiona.  Até aquele dia.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Fofa!
    Como é bom fazer “bobeira”!!!!

    Mais ou menos…

  2. Mais ou menos como um bonitão que eu conheço dizer para mim o seguinte: “Pai, estou muito chateado com você.” “Por que, João?” “Porque você brigou comigo porque eu fiz bobeira.” Pai está errado até quando está certo.

    É isso aí mesmo. JG tem razão.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: