Esperação

Feriado, sol forte, estávamos na casa da vovó brincando com água na mangueira – apesar do desabastecimento de água no Rio de Janeiro provocado por uma manutenção preventiva no Guandu.

– Não, papai!  Esse aí tem que ficar na esperação?
– Como é que é?

Ela pegou o balde cheio de água da minha mão e levou para o canto.

– Não mexe!  Esse aqui vai ficar na esperação enquanto a gente brinca.
– Ah…  Tem que esperar para mexer no balde…  É isso?
– É, papai.  Vem, agora vamos brincar.  Vou jogar água em você.

Anúncios

One Comment

Add yours →

  1. Como é que você não entendeu?! É como dizia “Marcelo, marmelo, martelo”, gente grande não entende nada de nada mesmo…

    A mais pura verdade.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: