O Cachambi responde – o meu lugar

A pergunta não foi feita pelos canais normais de comunicação do blog.  Nem sei se tenho autorização do leito (ou da leitora) para publicá-la.  Julguei, no entanto, tão interessante, que renderia um post.  Até porque, nos termos em que a pergunta foi feita, ficou tão óbvio que ela se referia a temas tratados recentemente no blog, por causa das palavras utilizadas, que não havia como evitar importá-la para este fórum.

Você já aprendeu qual seu lugar na cadeia alimentar de seu edifício?

Ainda não.  Já sei que não sou motorista (síndico) nem trocador (conselheiro fiscal).  Imagino que seja passageiro, mas até com esse papel eu ainda não estou acostumado.  É mais fácil discutir com a mulher do que com vizinhos durante uma reunião de condomínio (aliás, as reuniões de condomínio merecem um post à parte).  Porque os interesses são diferentes, os valores são diferentes, as visões de mundo são diferentes, e tudo fica muito mais difícil de decidir dessa maneira, principalmente porque quase tudo é dividido irmamente entre todos (da conta de luz e da água às áreas comuns).  Sem contar as questões pessoais, recalques, melindres, histórias (sendo o mais novo da patota, é natural que eu ainda não saiba do passado de brigas e afagos entre os demais condôminos).  Eu, por exemplo, morro de pavor de ser chamado a atenção pelos demais vizinhos.  Vou morrer de vergonha o dia que isso acontecer – bem diferente de morar em casa que, diante da reclamação de um vizinho, eu fazia ouvidos de mercador e lhe oferecia o sorriso mais cínico que eu lhe poderia dar.

* Você tem uma dúvida, quer fazer uma pergunta? Mande-a clicando aqui, que O Cachambi responde. A pergunta a ser respondida semana que vem pode ser a sua.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Tudo na vida é uma aprendizado.
    O grande segredo é ser o mais observador possível.

    Isso você pode deixar comigo.

  2. O importante, importante MESMO, é comprar o porteiro. É isso que promove sua ascenção social no prédio.

    É justamente o que eu não queria fazer. Mas se não houver jeito…

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: