Silêncio, por favor

Fergus não gosta de barulho quando está comendo – leia-se, mamando. O momento da alimentação, para ele, parece ser sagrado. Não pode haver um barulhinho sequer. Nem fogos de artifício, nem televisão alta, nem ninguém falando. De preferência, ninguém pode estar perto, no mesmo recinto.

O problema é que é difícil manter silêncio numa casa onde irmã, avó e bisavó falam muito. E é engraçado – para não dizer vexatório – a reação dele quando a sua tranquilidade é quebrada. Ele larga o peito e encara, sério, a pessoa que o interrompeu. E não foge da encarada: finca o olho, cara de mau, até a pessoa se mancar e sair.

Anúncios

3 Comments

Add yours →

  1. Felícia já fez isso comigo uma vez! Acho q a Fiona lembra…. rsrsrs
    Hoje ela me ama! 😛

    Experimenta repetir.

  2. Cara de mau… Puxou o vovô??? Kkkk

    O vovô, a vovó, o pai…

  3. Que meda.

    É um olhar fulminante mesmo.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: