Torcendo juntos

Eu fico embasbacado, pasmo, estupefato – ou outro adjetivo do gênero, que expresse um tanto de indignação e um tanto de surpresa – com essas histórias de jogos de futebol com torcidas únicas presentes, ou com torcidas visitantes confinadas a espaços reduzidíssimos nas arquibancadas.  Concordo com o Marcelo Barreto, apresentador do SporTv, que diz que admitir um negócio desses “é o início do fim“, ou seja, é a confissão acerca da impossibilidade de conviver civilizadamente em sociedade.

Vi isso nas semifinais do Campeonato Paulista.  Vi isso nos jogos entre São Paulo e Corinthians na Libertadores.  Verei isso muitas vezes ainda em outros jogos Brasil afora.  Felizmente jamais verei algo do gênero no Rio de Janeiro.  Não que os cariocas sejam um povo mais avançado. Não é isso.  Também temos nossas carências civis, somos quase pré-históricos em alguns aspectos.  Mas nisso, ao menos, nossa cultura é superior.  Exemplarmente superior.

No Rio de Janeiro, quase todos os clássicos são jogados no Maracanã.  Por vezes, são realizados no Engenhão (a casa do Botafogo), mas mesmo lá, funciona do mesmo jeito que no Maracanã.  Raramente, em São Januário (a casa do Vasco da Gama).  Tanto Maracanã quanto Engenhão são divididos em quatro setores.  Dois nas laterais do campo e dois atrás dos gols.  Os setores atrás dos gols são sempre destinados a uma única torcida.  Os setores laterais são mistos, especialmente no Maracanã (no Engenhão, isso não é uma verdade absoluta), ou seja, torcedores dos dois times podem se sentar lado a lado, misturados, sem nenhum tipo de separação física entre eles.  Não importa quem seja o mandante.  Mesmo se um time carioca jogar contra um time de fora do Rio, a torcida de um time visitante será bem vinda e poderá ocupar até metade do Maracanã, se tiver presença para isso.

Aí eu ouço uma história de promoção de jogo com torcida mista no Rio Grande do Sul, vejo a torcida do Palmeiras confinada a um canto na Arena Corinthians, discussão sobre jogo com torcida única em Minas Gerais, e não entendo nada…

Anúncios

One Comment

Add yours →

  1. Taí a final do Estadual, que não o deixa mentir.

    Pois é… Mais uma prova.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: