A foto do perfil

Não é obrigatório, via de regra, mas poucas coisas opcionais são mais convidativas do que a aposição de uma fotografia identificadora no perfil de uma rede social.  E notem: não há exigência prévia acerca dos parâmetros da foto, diferentemente dos institutos públicos de identificação civil, que exigem uma fotografia 3×4, de rosto, com feições sérias (às vezes com uma placa indicando a data da foto na altura do peito).

Em condições normais, era de se supor uma foto de rosto, frontal, capaz de identificar o dono da conta na rede social.  Mas como a escolha é livre…  E é interessante notar que as fugas ao padrão esperado seguem também certos padrões.  Eu identifiquei quatro grandes grupos além das tradicionais – e, felizmente, ainda maioria – fotos só de rosto.

É muito comum ver pessoas recém-casadas, especialmente mulheres, ou em crise no casamento, colocar fotos da cerimônia do casamento.  Mulher adora ostentar para as amigas o sucesso afetivo que a sociedade tem por hábito traduzir num casamento bonito, feito na igreja ou em um lugar bucólico, por padre, com vestido branco, véu e grinalda.  Fantasiada de noiva, com ou sem o marido ao lado – até porque, no sonho feminino do casamento, um marido costuma ser irrelevante – ela se sente mais firme, mais segura, mais poderosa, perante as pessoas com quem se relaciona.  É essa a imagem que ela quer passar.  Afinal de contas, é para isso que existe uma rede social, não?  Relacionamento e aparência.

Também é muito comum, num fase seguinte da vida, ver as pessoas que acabaram de ter filhos, especialmente mulheres, trocarem as próprias fotos por uma foto da ou com cria (ou das ou com as crias, caso tenha mais de um filho).  Se o casamento é sinal de status perante a sociedade, o sucesso na procriação e na perpetuação da espécie é a consumação da felicidade a ser esfregada no rosto do microcosmo social de uma pessoa.  Talvez menos por uma questão de autoafirmação, possivelmente mais por vontade de ostentar e extravasar a felicidade da paternidade/maternidade.  Isso, definitivamente, pouco importa.  Alguns avôs/avós (mais avós do que avôs) também costumam ser afetados por essa tendência.

Pessoas também há que preferem inovar, apresentando uma faceta um tanto irreverente, um tanto excêntrica, ostentando fotos de animais domésticos.  Um papagaio, um gato, um cão, não importa o bicho.  É pelo bicho que a pessoa que ser conhecida e reconhecida – ainda que o tal bicho já não esteja mais vivo.  Geralmente essas pessoas tratam o bicho como ser humano, membro da família, de modo que atitudes descorteses para com eles muito provavelmente serão compreendidas como ofensas pessoais irretratáveis, ainda que isso possa parecer, aos olhos de quem praticou a suposta ofensa, uma tremenda besteira.

Quem não casa e está muito afim de curtir a vida aproveita o tempo para fazer o que mais gosta.  Beber, viajar, conhecer o mundo, ou um pouco de tudo isso.  E escolhe, para a foto do perfil, uma foto do último lugar que visitou (aparecendo minusculamente na foto – ou não).  O objetivo?  Espalhar para geral que conhece aquele lugar, que já viajou para lá, tirar uma ondinha, guardar a recordação e alimentar o desejo da próxima viagem.

Qualquer que seja a tribo, dificilmente a foto do perfil foge a um desses padrões.  A não ser que o sujeito seja tão esquisito, mas tão esquisito, que resolva colocar uma foto de uma camisa de futebol, com o nome estampado nas costas, pendurada no varal de cabeça para baixo como foto de perfil.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. “Esse cara sou eu!” Frase do Roberto Carlos que aplica a muiiiiitos, não?

    Não entendi.

  2. Eu não ia falar nada não, mas já que você mesmo disse que é esquisito… então tá.

    Foi uma ironia.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: