Villafranca del Bierzo

Na extremidade oeste do vale onde está situada também a cidade de Ponferrada, já sobre um leve promontório que dá início à subida de mais uma montanha da Cordilheira Cantábrica, Villafranca del Bierzo é uma pacata, tranquila e aparentemente adorável cidadezinha.  Ali, a Espanha já começa a se parecer um pouco Galícia, um pouco Astúria e um pouco França.  Como assim?

Reza a lenda que a cidade surgiu com os vaqueiros Tineo e Luarca, que desejavam encontrar pastos melhores para seu gado e confiaram a busca a uma vaca branca, a qual veio a se assentar no local onde hoje existe a cidade. No entanto, é mais seguro dizer que a cidade começou com a criação do monastério de Santa María de Clunny, em 1070, sob o reinado de Alfonso VI, que trouxeram o cultivo de uva para a região.

Preregrinos franceses optaram por se estabelecer ao redor do monastério, dando origem à Villa Francorum. Depois deles, judeus, galegos e gentes de outras terras também se estabeleceram ali. Durante vários séculos, a vila teve dois corregedores, um para os francos e outro para os demais.

Suas principais atrações turísticas são suas igrejas (especialmente a Colegiata de Santa Maria del Cluniaco) e o Castelo dos Marqueses de Villafranca, construção que em muito se assemelha a castelos franceses.

O vídeo de hoje fala longamente da cidade, a origem de seu nome, suas virtudes, toda essa história e um pouco mais.

 

Anúncios

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: