Sobre ontem

Não é o futebol.  Não é o improviso.  Não é o jeito malandro de ser.  Não é trabalhar.  Não é sambar.  Não é sorrir.  Não é ser amável.  Fazer piada é a virtude maior do brasileiro.  E, se é assim, é bom que todos se preservem para não potencializar essa vocação.  Poucas coisas há piores do que ser motivo de piada.

Mas não é que os caras se prestaram, de bom grado, ao papel?  E em troca de que?  E pensando que estavam abafando?  Esses caras não têm amigos, que os alertem do ridículo papel que desempenharam?

Ridículos ao ponto de mostrar foto de neto em telefone celular para as câmeras…  Tudo bem que jogadoras de vôlei, entre 18-30 anos, após conquistas olímpicas, após meses reclusas e concentradas naquele objetivo, se voltem para as câmeras para disputar a chance de mandar um beijo para seus familiares, vá lá.  Mas um Deputado com mais de 60 anos na cara que tem todo tempo do mundo para ver seus netos fazer isso?

Ridículos ao ponto de se prestarem ao papel de marionetes em uma disputa de poder que envolve três ou quatro grandes figurões da política nacional e seus doadores de campanha – e muitos milhões de quaisquer unidades monetárias existentes no planeta.  Ridículos ao ponto de não saber qual era a proposição que estava em votação.  Ridículos ao ponto de não conseguirem se limitar a dizer apenas “sim” ou “não”.  Ridículos ao ponto de não se darem ao respeito de serem conhecidos pelos próprios nomes, mas por alcunhas patéticas.

—– * —–

Vendo aquilo tudo eu entendi porque o Zoológico do Rio de Janeiro estava fechado.  Tiveram que fechar porque todos os seus habitantes foram para Brasília votar.

—– * —–

Quando aquele cara votou sim, pela paz em Jerusalém, eu tive a esperança de que alguma célula palestina infiltrada aqui no país pudesse ser ativada para acabar com aquele insulto e resolver o assunto – de preferência coletivamente.

—– * —–

Estamos muito bem representados.  Aqueles 513 – curiosamente, 513=3×171 – representam fielmente quem somos, como pensamos, como agimos, nossos valores, nosso jeito de falar, de se comportar, de se subjugar às situações sem muitos questionamentos, passivamente, nossa incapacidade de reagir da maneira correta diante de situações adversas, nossa incapacidade de união em prol de um bem maior, nosso jeito maria-vai-com-as-outras de ser, nosso pouco caso com as coisas erradas que vemos diariamente na nossa frente, nosso jeito pouco – ou nada – disciplinado de ser…  Temos o Congresso que merecemos.

—– * —–

Curiosamente, ontem de manhã eu havia ido ao mercado com a Felícia.  Dentre as muitas coisas que comprei, estavam latas de leite em pó, daquelas grandes – uma caixa com seis latas.  Como o carrinho estava cheio, coloquei a caixa naquela grade que fica embaixo do carrinho.  E esqueci de apresentar a tal caixa para pagamento.  A atendente da caixa registradora não viu, a mulher que confere os cupons fiscais na saída também não (quase R$150 em compras!).  Quando tirei as compras do carrinho e as pus na mala do carro, notei a caixa.  Peguei a nota, conferi e, realmente, o produto não havia sido registrado.  Voltei ao mercado para informar o ocorrido e me disponibilizar a pagar pelo produto.  E ouvi, de duas pessoas diferentes (uma funcionária e uma cliente do mercado), o deboche de ser honesto demais.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Cara, eu jamais conseguiria escrever algo melhor. Estou orgulhoso de você, de verdade. #merepresenta

    Votem em mim!

  2. Caráter e princípios deveriam ser a base da educação doméstica.
    Orgulho dos filhos que criei.

    De nada.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: