Cahotic Day

Sabe aqueles dias em que tudo dá errado e você acaba perdendo a paciência?  Foi sábado.

*****

Quando tudo começou eu estava longe de casa, jogando futebol.  Cheguei e fui logo apresentado à história.  Ao que parece, Fiona estava dando banho no Fergus e na Felícia.  Tirou a Felícia do chuveiro para secá-la e vesti-la, de deixou Fergus brincando um pouco no balde com água (uma mini-banheira).  Nem havia concluído o trabalho de secagem, quando foi alertada pela Felícia:

– Ih, o Fergus fez cocô.

Bem, ele ainda estava dentro da mini-banheira, mas o cocô não.  Sinal de que ele o havia retirado de lá de dentro com as próprias mãos.  E ele ainda estava dentro da água na qual… Bem, melhor poupar os detalhes.  Como se não bastasse, ele ainda teve tempo de passar as mãos na alça do balde e nas paredes do box, deixando as marcas de…  Esqueci, sem detalhes.

*****

Um pouco mais tarde, eles já estavam imundos novamente e era necessário novo banho para poder ir à festa de aniversário de um amigo da Felícia.  Desta vez, eu me encarreguei do banho do Fergus, enquanto Fiona se encarregou do banho da Felícia.  A minha parte foi tranquila.  E eu já estava quase terminando de vesti-lo quando um palavrão irrompeu do banheiro.  Fui lá ver.  Felícia havia derrubado um vidro de esmalte azul no chão (ela ia tomar banho, para que estava mexendo no esmalte?).

Imagina a cena: limpar o banheiro todo com um dedo de acetona (porque, obviamente, o pote da acetona não estava cheio; só tinha um dedinho do precioso líquido).  Os rejuntes do piso ainda estão ligeiramente azuis.  A porta do banheiro ligeiramente desbotada.  E a minha mão só voltou à cor normal ontem à noite.

*****

A cota da Felícia já estava esgotada, mas ela não se fez de rogada.  Ainda havia tempo para mais uma.

Voltamos da festa.  Ela estava impossivelmente desobediente naquele dia.  Aliás, acho que a semana passada toda ela estava vivendo prenúncios de TPM.  Mas sábado foi demais.

Só porque ela mudou de ideia em relação ao copo no qual tomaria seu leite, ela derramou o copo no chão.  Bem, ela não quis derramar de pirraça, justiça seja feita.  Ela quis pegar o copo para dizer que não queria mais beber o leite naquele copo.  Mas acabou derramando tudo no chão.  Só havia água no copo, por enquanto; o leite em pó ainda não havia sido misturado.  Mas molhou tudo à volta.  E, como a paciência já havia acabado há algum tempo…

Ainda bem que aquele dia acabou.

Anúncios

One Comment

Add yours →

  1. Te entendo e dou apoio, parceiro. De vez em quando eu tenho de domar um pré adolescente de 6 anos que tem uns surtos de macheza e é complicado.

    Obrigado.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: