A cura para cobreiro

Foi só depois de procurar no dicionário que eu descobri o que significa cobreiro: herpes zóster.  Mas elas só falavam no tal do cobreiro – que era uma doença terrível, que acometia crianças, que deixava as crianças muito mal, que não podia deixar dar dos dois lados, que se a criança tivesse cobreiro dos dois lados já era, e coisa e tal.  Eram tantos ensinamentos, fruto da larga experiência adquirida ao longo de mais de oito décadas de vida (cada uma), que eu não consegui registrar todos na memória.

Mas não eram só os problemas que elas dominavam.  Elas também sabiam a receita para curar tão perigosa doença: rezar a criança três dias seguidos em uma porta de casa que ficasse exposta ao sol.  Não bastava, porém, ser uma porta naturalmente exposta ao sol; era preciso que a porta pegasse sol três dias seguidos e que, ali, ao sol, a criança fosse rezada.  Se depois de dois dias de sol chovesse no terceiro dia, de modo que o sol não aparecesse para banhar a porta e a criança a ser rezada, seria necessário voltar à estaca zero e começar o procedimento todo novamente.

Pena que elas não lembraram as palavras exatas da tal reza poderosa.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Eu não conheço essa reza não, mas já tive caso de herpes zoster na família e foi extremamente desagradável: sofre o acometido, que tem dores intensas e sofre a família, que vê o padecimento do outro sem poder fazer nada.

    Se ao menos você conhecesse essa reza…

  2. Vale dizer que isso aí some sozinho (os sintomas externos) em poucos dias. É só dá de um dos lados do corpo mesmo. Se der nos dois… Bom, não dá nos dois de jeito nenhum. 🙂

    Pois é…

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: