O Fuso

Há alguns anos, no retorno de uma das suas muitas viagens a Portugal, meu pai encheu a boca para falar de uma maravilha a que ele havia sido apresentado por amigos portugueses – que eram proprietários de um restaurante em Lisboa. Essa maravilha era o bacalhau do restaurante “o Fuso“, em Arruda dos Vinhos. Segundo ele, era o melhor bacalhau de Portugal.

Bem, primeiro eu preciso dizer que não sou fã de bacalhau. Acho o gosto ruim e a consistência das escamas indeglutível. Recuso-me a comer qualquer bacalhau, com uma única exceção: o bacalhau feito por essa amiga portuguesa dos meus pais, a D. Maria. Comi-o uma vez, no seu restaurante. Tinha gosto de peixe, não de bacalhau. Desmanchava na boca. Era um negócio divino. Nesta viagem, voltei a comê-lo, desta vez em sua casa. Permanecia excepcional! O único bacalhau deglutível, na minha opinião. Por consequência, o melhor deles.

Por causa disso, eu nunca levei muito a sério a história do meu pai, de que o tal bacalhau era o melhor de Portugal. Mesmo porque essas eleições carregam consigo elevado grau de subjetividade. Cada um tem o seu melhor, ao seu gosto. E diante da infinidade de candidatos possíveis (quantos restaurantes servem bacalhau em Portugal? Todos!), a eleição de um único, seja qual fosse o critério de eleição, sempre será muito sujeita a reservas e objeções.

Nesta viagem, especificamente, estivemos na casa de uns amigos de longa data dos pais da Fiona. Lá comemos bacalhau. Comi, por mera formalidade. Nem de longe se aproximava do meu padrão de referência. Em determinado momento do jantar, porém, eles deixaram escapar que o bacalhau d’O Fuso era o melhor de Portugal. A mesma opinião do meu pai, dos amigos portugueses dos meus pais (que eles não conhecem), dita com ares de notoriedade. Todas as reservas que eu tinha em relação ao que meu pai havia dito caíram por terra.

https://mais.uol.com.br/static/uolplayer/index.html?mediaId=13246207

Não consegui inserir o vídeo aqui, porque ele é do UOL, não do Youtube.  Clicando no link acima você conseguirá assisti-lo, provavelmente.   É o único que encontrei relacionado a’O Fuso. Uma visita do Otávio Mesquita – também – ao local que vende o melhor bacalhau de Portugal. Adivinha onde é? O Fuso, em Arruda dos Vinhos, uma cidadezinha a pouco mais de meia hora do centro de Lisboa.

Por causa de todo esse arcabouço, saí de Tomar rumo a Arruda dos Vinhos. E não titubeei ao chegar lá e pedir ao garçom um belo pedaço de costela de boi para comer – porque, no fundo, no fundo, eu tenho certeza de que não há bacalhau melhor que o da D. Maria, nem em Portugal, nem em nenhum outro lugar do planeta.  E não me arrependo.

O Fuso
A bela costela d’O Fuso
Anúncios

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: