Muito racional

– Crianças, já está tarde. Vamos para casa?
– Não!
– Você não quer ir para casa?
– Não!
– Você não quer dormir na sua casinha?
– Não!

Cada resposta negativa era dita com raiva e dentes trincados, gritando.

*****

Tem sido muito comum receber do Fergus respostas emotivas. Ele libera a raiva quando está contrariado. Grunhe, range os dentes, reclama, grita. Ninguém pôde dizer que não sabia que ele estava contrariado.  Vem fazendo isso há algumas semanas.  E já virou folclore.  É difícil ficar indiferente: dá muita vontade de rir, tanto que, se você ignora, ele vem atrás correndo só para grunhir e ranger os dentes, fazendo cara de mau, na sua frente (ou, na maioria das vezes, na minha frente).

A melhor estratégia tem sido ignorar, mas nem sempre isso é possível.  É notório que ele procura chamar a atenção e conseguir contrariar com essas ações.  O problema é que nem sempre só falar alguma coisa e virar as costas e ir embora é adequado para obter dele a ação que se espera.  Nesses casos, outras ações complementares entram em cena.  Conversar, por exemplo.

*****

– Vamos conversar?
– É.
– Então tem que parar de chorar para a gente conversar. Você consegue parar de chorar?

Nessas horas ele só costuma responder que sim com um acendo de cabeça. Limpa o rosto e segura o choro.

– Agora dá um sorriso para o papai.

Ele sorri forçado. Não é bem um sorriso, é só uma exibição de dentes, afinal de contas ainda há lágrimas nos olhos nessa hora. É um bom ponto de começo para a conversa, no entanto. Se não tem sorriso, não tem conversa; se não tem conversa, o problema não se resolve.

– Filho, você está chateado?
– É.
– Você está triste?
– É.
– Eu entendo.
– Conta para o papai, o que houve? Por que você está triste.

Ele tenta falar o que ocorreu. Normalmente eu já sei o que é. Mas, se ele fala alguma coisa incompreensível (a maioria das coisas que ele fala ainda é incompreensível e requer elevado esforço de tradução) ou mistura com o choro, é necessário voltar à etapa anterior. Só quando a fala é clara e sem choro é que se passa à etapa seguinte.

– Entendi.

Repito o motivo da chateação, calma e pausadamente, para ele confirmar. Uma vez confirmada, entram as explicações da decisão do papai ou da mamãe que levaram à crise. Algumas poucas vezes ele regateia; na maioria das vezes ele compreende, aceita e sai dali disposto a cooperar, recebendo ou não algo em troca da boa vontade. Tudo isso nessa velocidade que você acabou de ler este post. Muito rápido mesmo, a chave vira do choro para o riso.

Funciona de verdade.

*****

Se você tentar perguntar para a Felícia se ela quer A ou B, ela vai responder que quer os dois, ou que quer C, ou ainda C e D.  Na linha de raciocínio dela, agradar o interlocutor é a prioridade número 1; a prioridade seguinte é obter do interlocutor o máximo proveito possível da situação em benefício próprio, ignorando completamente as restrições que lhe são impostas.  É abstrata, transcendente, emotiva.

Se você tentar perguntar para o Fergus se ele prefere A ou B, ele vai ser muito sincero e responder: B.  Na sua linha de raciocínio, se lhe foram dadas duas opções, é porque só há duas opções.  E ele não está nem aí para agradar o interlocutor, o papai, a mamãe ou quem quer que seja.  Se há duas opções, ele vai escolher a que mais lhe agrada ou, quando muito, vai dizer que não quer nenhuma.  É objetivo, cartesiano, racional.

Anúncios

2 Comments

Add yours →

  1. Estou começando a achar que Fergus tem mais da dinda do que eu imaginava…

    Muito mais…

  2. Filhos são como os dedos da mão. Cada um de um jeito, cada um com personalidade própria.
    Só nos resta entendê-los e respeitar suas individualidades.

    Eu diria que esses dois são mais diferentes que os dedos das mãos.

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: