Folgada

Voltando da escola a pé, entrei com a Felícia no açougue, que pertence à família de um antigo amigo dela da escola. Enquanto eu esperava ser atendido, ela passou direto por mim e foi no caixa.

– Me dá um pirulito por favor?

– Filha, o que é isso?

– Ué, papai? Quando eu vim aqui com a vovó o moço falou que quem é flamenguista tem direito a pirulito…

A senhora do caixa, tia do amigo da escola, riu e lhe deu o pirulito, que ela desembrulhou e pôs na boca rindo de mim.

Anúncios

About the post

Felícia

Você quer comentar? Clique aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: